São Thomé das Letras MG

São Thomé das Letras - Viagens e Aventuras - Ecoturismo - São Paulo - Minas Gerais

DETALHES DO ROTEIRO

Roteiro:

1° dia – saída as 9 horas 
Com transporte e guia local curtiremos as Cachoeiras – Véu da Noiva, Paraíso, Flavio, Almoço, Cachoeira Eubióse, Cachoeira da Lua e Casa de Pedra (Por do Sol),  noite livre.

2° dia – saída as 9 horas
City tour (a pé) depois (com transporte) curtiremos Ladeira do Amendoim, Cachoeira Vale das Borboletas e Almoço.  Retorno para São Paulo as 15 horas.

Obs. As cachoeiras são de fácil acesso e a noite costuma ser bem agitada.


O QUE LEVAR?
Toalha, RG ou CNH Original, Medicamentos ( se estiver tomando ), Dinheiro , Roupas de Frio e de calor, Tênis e Mochila para trilhas, Protetor Solar, Higiene Pessoal, Repelente, Lanterna, Máquina Fotográfica ,( Cadeados e Lonas para campings )

OBS:
O roteiro pode ser alterado devido as condições climáticas. Política de Mínimo de Participantes: de 10 a 15 pessoas ( van ) de 16 a 27 ( micro ônibus ), acima disso ônibus convencional.(Carro Executivo)

Valores por pessoa:
Pousada c/meia pensão = R$ 557,00 até 2 x / 4 x R$ 152,00.
Camping c/ almoço = R$ 422,00 até 2 x / 4 x R$ 116,00.

Esta incluso:
Transporte, Seguro Viagem, Serviço de bordo, Pousada com meia pensão e Camping com almoço, Passeios para os atrativos naturais, Transporte local, Taxa atrativo natural e Guia Embratur.

CURIOSIDADES

No estado de Minas Gerais, há 1.440 metros de altitude, está São Thomé das Letras. Essa pequena cidade também é chamada de Cidade Mística, pois acredita-se que nela há um ponto energético muito forte, o qual atrai espiritualistas, místicos e também amantes da natureza. O nome da cidade tem origem em uma lenda antiga. Um escravo certa vez fugiu da propriedade do Barão de Alfenas, e se instalou numa gruta. Na gruta ele teria encontrado uma estátua de São Thomé junto a uma carta de escrita perfeita. O escravo levou a carta ao seu dono que, impressionado com o ocorrido, lhe concedeu a carta de alforria e ordenou que fosse construída uma igreja ao lado desta gruta.
O povoamento de São Thomé das Letras começou em 1770, quando teve início a construção da capela de São Thomé, por causa dessa misteriosa aparição do santo ao escravo na gruta localizada no centro da cidade. Durante as obras de construção da Igreja, foram encontradas diversas pinturas em tom avermelhado na entrada da gruta. Acreditava-se que estas marcas foram deixadas pelo santo, como prova de sua aparição.
Historiadores atribuem essas pinturas aos índios Cataguases, antigos habitantes da região, outras pessoas preferem acreditar que foram efetuadas por seres extraterrenos, vindos das estrelas pelo caminho de “Sumé”. O nome “Letras” partiu da existência dessas inscrições.

Entre em contato com a gente

[foogallery id=”3484″]